Mãe é presa e confessa ter matado filho de 6 anos em Maceió

Suspeita disse ter aberto registro de gás do apartamento onde vivia com a criança

corpo de um menino de seis anos foi encontrado dentro de um apartamento, em Maceió (AL), ao lado da mãe desmaiada, nesta quinta-feira (20). Segundo a polícia, desde o dia anterior, os vizinhos vinham sentindo cheiro de gás na casa e resolveram entrar pela janela.

A mulher, identificada como Jandira da Silva, de 46 anos, foi socorrida e levada para o hospital, mas recebeu voz de prisão antes mesmo de ser atendida na unidade de saúde, sob suspeita de ter matado o filho. Em depoimento ao delegado que investiga o caso, Rodrigo Sarmento, ela confessou o crime.

“Ela disse que abriu o registro do gás e colocou o celular para carregar ao lado do fogão, para que explodisse. A motivação disso ela também disse, mas ainda vamos checar. Faremos diligências ainda hoje e na próxima semana”, informou o investigador.

De acordo com informações do portal G1, a família afirma que Jandira sofria de depressão. “Os familiares relatam esses problemas psicológicos, mas ainda não há um laudo que comprove. Ela, segundo eles, estaria recusando ajuda para se tratar. As investigações apontam que, desde o último dia 18, a criança não estaria indo para a escola. A partir do dia seguinte, os vizinhos começaram a sentir o cheiro de gás vindo do apartamento. É provável que o crime tenha sido motivado pela depressão”, avaliou Sarmento.

João Alberto

Jornalista: DRT 0008505/DF. Radialista, Escritor e Poeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *