Caçadores de elefantes matam seis soldados nos Camarões

Os militares sofreram uma emboscada, tendo os caçadores disparado contra as vítimas
Caçadores de elefantes matam seis soldados nos Camarões

Seis soldados dos Camarões foram mortos por caçadores de elefantes que tentavam prendê-los no Parque Nacional de Bouba Ndjida, no noroeste do país. As informações foram divulgadas pelas autoridades locais à EFE. De acordo com a mesma fonte, os militares sofreram uma emboscada, tendo os caçadores disparado contra as vítimas.

Investigações apontam que os caçadores teriam chegado à área para obter presas de elefantes, de onde é extraído o marfim. O parque nacional fica próximo à fronteira com o Chade e é o maior dos Camarões, com cerca de 220 mil hectares.

Também é o mais isolado, o que facilita as incursões de caçadores ilegais em busca do valioso marfim dos elefantes. Entre 2012 e 2014, cerca de 300 elefantes da Bouba Ndjida foram mortos por supostos caçadores sudaneses.

João Alberto

Jornalista: DRT 0008505/DF. Radialista, Escritor e Poeta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *